Fatores de risco

Para os fatores de risco clínicos é necessário responder sim ou não. Se o campo é deixado em branco, assume-se que a resposta seja não. Veja também <ahref=’#notas’> notas sobre fatores de risco.
Os fatores de risco utilizados são os seguintes:

 

Idade O modelo aceita idades entre 40 a 90 anos. Se a idade for abaixo de 40 ou acima de 90, o programa calculará a probabilidade aos 40 e 90 anos, respectivamente
gênero Masculino ou feminino. Entre como apropriado.
peso Este deve ser fornecido em kg
altura Este deve ser fornecido em cm
Fratura prévia Fratura prévia reflete mais acuradamente fratura prévia que ocorre spontaneamente durante a vida adulta, ou uma fratura decorrente de trauma, que em indivíduos saudáveis, não resultaria em fratura. Entre sim ou não ( veja também notas sobre fatores de risco).
Pais com fratura de quadril Esta pergunta é para história de fratura de quadril na mãe ou pai do paciente. Entre com sim ou não.
Tabagismo atual Entre com sim ou não dependendo se paciente fuma atualmente ( veja também notas sobre fatores de risco).
Glicocorticóides Entre sim se o paciente estiver usando atualmente glicocorticóide oral ou foi exposto a glicocorticóide oral por mais de 3 meses, com uma dose de prednisolona de 5 mg diária ou mais ( ou equivalente doses de outros glicocorticóides) (veja também notas sobre fatores de risco).
Artrite reumatóide Entre sim quando o paciente tiver o diagnóstico confirmado de artrite reumatóide. Caso contrário entre não ( veja também as observações em fatores de risco)
Osteoporose secundária Entre sim, se o paciente tiver uma doença fortemente associada à osteoporose. Isto inclui diabete tipo I ( insulina dependente), osteogênese imperfecta em adulto, hipertiroidismo não tratado, hipogonadismo ou menopausa prematura ( < 45 anos), má nutrição crônica ou má absorção e doença hepática crônica.
Álcool 3 ou mais doses/dia Entre sim, se o paciente toma 3 unidades de álcool ou mais por dia. Uma unidade de álcool varia pouco entre os diferentes países e está entre 8-10 g de álcool. Isso equivale a um copo padrão de cerveja (285 ml), uma medida de drinque (30 ml), um copo médio de vinho ( 120 ml) ou uma medida de aperitivo (60 ml).
Densidade mineral óssea (DMO) DMO. Por favor selecione o equipamento de DXA que foi realizada a varredura utilizada e então entre com a DMO atual do colo do fêmur ( em g/cm2). Outra forma, entre com o T-escore baseado nos dados de referência de mulheres do NHANES III. Em pacientes sem DMO, o campo deve ficar em branco ( veja também observações sobre os fatores de risco) ( fornecidos pelo Centro de Osteoporose de Oregon).

Observações sobre os fatores de risco

Fratura prévia

Uma situação especial se dá com história prévia de fratura vertebral. Uma fratura detectada apenas como uma observação radiológica ( uma fratura vertebral morfométrica) conta como fratura prévia. Uma fratura clínica vertebral ou fratura de quadril é um fator de risco especialmente forte. A probablidade de fratura computada pode, portanto, ser subestimada. A probabilidade de fratura também é subestimada quando há múltiplas fraturas.

Tabagismo, álcool, glicocorticóides

Há fatores de risco que parecem ter um efeito dose dependente, isto é, maior exposição, maior o risco. Isto não é levado em conta e o computador assume a média de exposição. O julgamento clínico deve ser utilizado para alta u baixa exposição.

Artrite reumetóide (AR)

Artrite reumatóide é um fator de risco para fratura. No entanto, osteoartrite não é, sendo até protetora. Por essa razão, não se deve colocar artrite baseando-se apenas na história do paciente, mas sim quando há evidências clínicas e laboratoriais que suportem esse diagnóstico.

Densidade mineral óssea (DMO)

O colo do fêmur é o sítio de referência medido com DXA. Os T-escores são baseados nos valores de referência do NHANES para mulheres com idade entre 20-29 anos. Os mesmos valores absolutos são utilizados em homens.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *